"Toda arma forjada contra ti não prosperará; toda língua que ousar contra ti em juízo, tu a condenarás; esta é a herança dos servos do Senhor e o seu direito que de Mim procede, diz o Senhor." Isaías 54.17

sexta-feira, 30 de abril de 2010

"HISTÓRIA DO "DIA DO TRABALHO"

História do Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios.
A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores.
Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas.
Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano.
Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.
Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil:
- Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer)
- Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.
Fonte: http://www.suapesquisa.com/
"Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e llhe deu poder
 para deles comer,e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho,
 isto é dom de Deus".
Eclesiastes 5.19

terça-feira, 20 de abril de 2010

TESTE A SUA MENTE



Isso realmente é um ótimo exercício para o cérebro.

É um bom remédio contra o mal de alzheimer . 
Não deixe de ler ATÉ O FIM


De aorcdo com uma peqsiusa

de uma uinrvesriddae ignlsea,

não ipomtra em qaul odrem as

Lteras de uma plravaa etãso,

a úncia csioa iprotmatne é que

a piremria e útmlia Lteras etejasm

no lgaur crteo. O rseto pdoe ser

uma bçguana ttaol, que vcoê

anida pdoe ler sem pobrlmea.

Itso é poqrue nós não lmeos

cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa

cmoo um tdoo.

Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Consegue encontrar 2 letras B abaixo? Não desista!
RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

RRRRRRRRRRRBRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

RRRRRRRRRRBRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

Encontrando os B

Encontre o 1

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIII1IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII


Uma vez o 1 encontrado.

Encontre o 6


9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999699999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

9999999999999999999999999999999999

Uma vez o 6 encontrado ......

Encontre o N (É díficil!)

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMNMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

MMMMMMMMMMMMM

Uma vez o N encontrado...

Encontre o Q..


OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOQOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

segunda-feira, 19 de abril de 2010

COLETA SELETIVA - UMA PRÁTICA QUE PODE SALVAR O PLANETA

É preocupante saber que no Brasil são produzidas 250 mil toneladas de lixo diariamente e que tudo vai diretamente para os lixões a céu aberto. Cada ser humano, em média, produz 0,5 kgs a 1,5 kgs de lixo por dia, multiplicado pelos 6 bilhões de habitantes no mundo são quase 4 bilhões de quilos de lixo produzidos diariamente. Se a preocupação com a quantidade de lixo produzido não for constante, as consequências ao meio ambiente podem ser irreversíveis.

A conscientização de que o destino do lixo pode prejudicar nossa vida na Terra precisa ter um impacto global para que a prática da reciclagem promova aos cidadãos um estilo de vida sustentável e de respeito ao meio ambiente. Por isso, o IDEIAS conta um pouco mais sobre o que é a Coleta Seletiva, e como você pode começar esta prática na sua casa.

A Coleta Seletiva é um processo fácil de entender e muito simples de se praticar diariamente. O primeiro passo é ter o hábito de separar o lixo seco e reciclável como: o papel, embalagens de longa vida, latinhas e metais, plástico e vidro, de todo o lixo úmido, que são os restos de alimentação e papel de banheiros. Todo esse lixo pode ser vendido para cooperativas de catadores e o dinheiro arrecadado gera emprego e renda para as famílias carentes que dependem dessa ação.
O lixo orgânico pode ser usado em outra prática, como na fabricação de adubos orgânicos, por isso, ele deve ser separado de qualquer outro descarte. Um excelente exemplo de inciativa que funcionou e que está dando exemplo de reciclagem é o Hotel Bühler, localizado em Maringá de Minas, na região de Visconde de Mauá. A dona do Hotel, Norma Bühler, criou o projeto Lixo Mínimo que fez o local produzir quase nenhum lixo (já que fraldas, absorventes, preservativos e seringas não podem ser reaproveitados). Tudo é reeaproveitado em iniciativas inteligentes como no uso do óleo de cozinha para fabricar os sabonetes para os hóspedes.
Os restos da cozinha e papeis higiênicos, utilizados no Hotel, viram húmus para o enriquecimento do solo para plantio. A decomposteira - uma espécie aterro natural para acelerar a decomposição do lixo com folhas secas e terra – foi uma das ideias do Bühler que já está difundida em Volta Redonda e que está mudando o hábito de muitos agricultores locais, que adotaram a prática.
Misturar os materiais recicláveis com o lixo comum prejudica o reaproveitamento dos descartes e superlota os lixões abertos que liberam gases tóxicos, atingindo diretamente a Camada de Ozônio. Se o material reciclável estiver separado é possível ter um maior aproveitamento e cuidar para que a poluição do lixo chegue as fontes de água potável no planeta, além de reduzir o agravamento do Aquecimento Global.
Pilhas e baterias descartadas junto com o resto do lixo provocam contaminação do solo e se não forem tratados podem ir para praias, mares e lagoas. Os lixos hospitalares também merecem um tratamento especial, pois podem estar infectados com grande quantidade de vírus, bactérias e doenças transmissíveis. Por isso, esse tipo de lixo é retirado dos hospitais de forma específica e levado para a incineração em locais destinados a essa ação.
Para começar a prática da coleta seletiva dos materiais recicláveis é necessário um separador de lixo por cores com os seguintes nomes:

- Papel (Azul)

 
- Plástico (Vermelho)


- Metal (Amarelo)


- Vidro (Verde)



- Orgânico – restos de alimento (Marrom)




10 motivos para separar o lixo:


1) A reciclagem de uma única lata de refrigerante, representa uma

economia de energia equivalente a três horas com a televisão ligada;


2) O reaproveitamento de lata rende US$ 30 milhões por ano;


3) Uma lata pode resistir cem anos à ação do tempo;


4) Reciclar uma tonelada de alumínio gasta 95% menos energia do que

fabrica a mesma quantidade;


5) Uma tonelada de papel reciclado poupa 22 árvores do corte, consome

71% menos energia elétrica e representa uma poluição 74% menos do

que na mesma quantidade;


6) Uma tonelada de alumínio usado reciclado representa cinco de

minério extraído poupado;


7) Para cada garrafa de vidro reciclada é economizado energia elétrica

suficiente para acender uma lâmpada de 100 Watts durante quatro horas;


8) A reciclagem de 10.853 toneladas de vidro preserva 12 mil toneladas de areia;


9) A reciclagem de 18.679 toneladas de papel, preserva 637 mil árvores;


10) A reciclagem de 6.405 toneladas de metal, preserva 987 toneladas de carvão.


Carlos Eduardo Duarte
IDEIAS - Assessoria de Comunicação
imprensa@ideias.org.br

sábado, 17 de abril de 2010

DÊ O MELHOR DE SI

Um homem foi chamado à praia para pintar um barco.
Trouxe com ele tinta e pincéis, e começou a pintar o barco de um metálico brilhante,
como fora contratado para fazer.
Enquanto pintava, verificou que a tinta estava passando pelo fundo do barco.
Percebeu que havia um vazamento, e decidiu consertá-lo.
Quando terminou a pintura, recebeu o dinheiro e se foi.
No dia seguinte, o proprietário do barco procurou o pintor e o presenteou com um belo cheque.
O pintor ficou surpreso.
-O senhor já me pagou pela pintura do barco!
-Meu caro amigo, você não compreendeu.
Deixe-me contar-lhe o que aconteceu.
Quando pedi que pintasse o barco, esqueci de falar do vazamento.
-Assim que o barco secou, meus filhos o pegaram e saíram para uma pescaria.
Eu não estava em casa naquele momento.
Quando voltei e notei que haviam saído com o barco, fiquei desesperado, pois lembrei-me que o barco tinha um furo.
Imagine meu alívio e alegria quando os vi retornando sãos e salvos.
Então, examinei o barco e constatei que você o havia consertado!
Percebe, agora, o que fez?
Salvou a vida de meus filhos.
Não tenho dinheiro suficiente para pagar-lhe pela sua "pequena" boa ação...

MEDITE SOBRE ISSO!

Não se limite a fazer apenas o que esperam de você!
Não importa para quem, quando e de que maneira.

DÊ O MELHOR DE SI

O FRIO QUE MATA


Conta-se que seis homens ficaram presos numa caverna por causa de uma avalanche de neve.

Teriam que esperar até o amanhecer para receber socorro. Cada um deles trazia um pouco de lenha e havia uma pequena fogueira, ao redor da qual eles se aqueciam.


Eles sabiam que, se o fogo apagasse, todos morreriam de frio, antes que o dia clareasse.


Chegou a hora de cada um colocar sua lenha na fogueira. Era a única maneira de poderem sobreviver.


O primeiro homem era racista. Ele olhou demoradamente para os outros cinco e descobriu que um deles tinha a pele escura.


Então raciocinou consigo mesmo: Aquele negro! - Jamais darei minha lenha para aquecer um negro. E guardou-a, protegendo-a dos olhares dos demais.


O segundo homem era um rico avarento. Ele estava ali porque esperava receber os juros de uma dívida.


Olhou ao redor e viu um homem da montanha que trazia sua pobreza no aspecto rude do semblante e nas roupas velhas e remendadas.


Ele calculava o valor da sua lenha e, enquanto sonhava com o seu lucro, pensou: Eu, dar a minha lenha para aquecer um preguiçoso, nem pensar.


O terceiro homem era negro. Seus olhos faiscavam de ira e ressentimento. Não havia qualquer sinal de perdão ou de resignação que o sofrimento ensina.


Seu pensamento era muito prático: É bem provável que eu precise desta lenha para me defender.


Além disso, eu jamais daria da minha lenha para salvar aqueles que me oprimem. E guardou suas lenhas com cuidado.


O quarto homem era um pobre da montanha. Ele conhecia mais do que os outros os caminhos, os perigos e os segredos da neve.


Esse pensou: Esta nevasca pode durar vários dias. Vou guardar minha lenha.


O quinto homem parecia alheio a tudo. Era um sonhador. Olhando fixamente para as brasas, nem lhe passou pela cabeça oferecer a lenha que carregava.


Ele estava preocupado demais com suas próprias visões (ou alucinações?) para pensar em ser útil.


O último homem trazia nos vincos da testa e nas palmas calosas das mãos os sinais de uma vida de trabalho. Seu raciocínio era curto e rápido.


Esta lenha é minha. Custou o meu trabalho. Não darei a ninguém, nem mesmo o menor dos gravetos.


Com estes pensamentos, os seis homens permaneceram imóveis. A última brasa da fogueira se cobriu de cinzas e, finalmente apagou.


No alvorecer do dia, quando os homens do socorro chegaram à caverna encontraram seis cadáveres congelados, cada qual segurando um feixe de lenha.


Olhando para aquele triste quadro, o chefe da equipe de socorro disse:


O frio que os matou não foi o frio de fora, mas o frio de dentro.
Não deixe que a friagem que vem de dentro mate você.


Abra o seu coração e ajude a aquecer aqueles que o rodeiam.


Não permita que as brasas da esperança se apaguem nem que a fogueira do otimismo vire cinzas.


Contribua com seu graveto de amor e aumente a chama da vida onde quer que você esteja.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

PROFESSOR BATATA

O professor de religião pediu aos seus alunos que levassem batatas e um saco plástico
à aula e escrever nas batatas o nome de cada pessoa de quem sentiam mágoas
ou tivessem ressentimentos. Uma batata para cada nome. Pediu, também, para
colocar as batatas dentro do saco plástico e guardá-las na mochila, junto com
seus livros e cadernos.
A tarefa consistia em levar as batatas a todos os lugares onde fossem,
por tempo indeterminado, até que o professor os autorizasse a se livrar delas.
Naturalmente, elas foram-se deteriorando. Além do peso, logo, também,
o mal cheiro começou a incomodar os alunos, até o ponto em que não
 aguentaram mais:
-Professor, por favor, não dá mais. Podemos jogar esse lixo fora?
-Sim, podem jogar as batatas fora, mas, se junto com elas vocês também
não jogarem fora toda a mágoa e ressentimentos que elas representam,
o peso e o mau cheiro não sairá de seus corações.

"SE, PORÉM, NÃO PERDOARDES AOS HOMENS
AS SUAS OFENSAS, TAMBÉM VOSSO PAI VOS
NÃO PERDOARÁ AS VOSSAS OFENSAS." Mateus 6.15

PERDOADOS

Esta é a história de um médico escocês, notável pelo seu espírito
caridoso e piedoso. Segundo se narrava, depois de sua morte,
quando os seus livros estavam a ser examinados, foram encontradas
muitas contas sobre as quais estava escrito em letra vermelha o seguinte:
"Perdoado (muito pobre para pagar)".
Sua esposa, de espírito diferente, disse:
-Estas contas precisam ser pagas.
E começou a tomar providências jurídicas para receber o dinheiro.
O juíz perguntou-lhe:
-São de seu marido estes dizeres escritos a tinta vermelha?
-Sim, disse ela.
-Então não há tribunal na terra que possa obrigar os perdoados
a pagarem-lhe, pois o seu marido escreveu "Perdoado".

"PERDOAREI A SUA MALDADE,
E NUNCA MAIS ME LEMBRAREI
DOS SEUS PECADOS." Jeremias 31.34

quarta-feira, 14 de abril de 2010

MICHAEL FARADAY

"Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes,
façamos admoestações, e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima."
Hebreus 10.25

Michael Faraday, grande cientista britânico que fez várias descobertas
importantes no campo do magnetismo, era um cristão sincero
que achava mais importante assistir aos cultos de sua igreja 
a qualquer outra reunião.
Em uma dessas "outras" reuniões, ele manteve o auditório boquiaberto
 com a demonstração das das propriedades do ímã.
Encerrou sua palestra com uma experiência tão inédita,
fascinante e impressionante,
que por algum tempo o salão reverberou com entusiásticos aplausos.
Quando as palmas diminuíram, o Príncipe de Gales se pôs em pé
e propôs um brinde a Faraday, mas o grande homem
não estava mais ali para recebê-lo.
Finalmente, um dos assistentes de Faraday levantou-se
e explicou que o físico havia saído  para um culto de oração
 numa pequena igreja  (uma congregação que não contava com mais de 20 membros),
onde Faraday era ancião.
Que exemplo de assiduidade às reuniões de oração!
 Que testemunho em favor de Cristo!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

DEUS É CULPADO?



A filha de Billy Graham, Anne Graham Lotz, estava sendo entrevistada no The Early Show, pela apresentadora Jane Clayson que perguntou a ela:
"Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer nos EUA, dia 11 de setembro?
Anne Graham deu uma resposta extremamente profunda e sábia.
Ela disse: "Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas.
Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco?"
À vista dos acontecimentos recentes.... ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc. Eu creio que tudo começou desde que Madeline Murray O'' Hare (que foi assassinada e seu corpo encontrado recentemente), se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.
Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas... A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós mesmos.
E nós concordamos.
Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima. (O filho do Dr. Spock cometeu suicídio) E nós dissemos: "um perito nesse assunto deve saber o que está falando", e então concordamos com ele.
Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, bater, dar socos, humilhar e chutar,etc.). E nós concordamos com tudo.
Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la.
Em seguida algum membro da mesa administrativa escolar muito sabido disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos, "está bem".
Depois alguns dos nossos oficiais eleitos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso Presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.
Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino. E nós também concordamos. Depois uma outra pessoa levou isto um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos, "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso".
A indústria de entretenimento então disse: "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, sexo, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos." E nós dissemos: "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial.
Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!"
Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o mal, o certo e o errado, porque não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios...
Provavelmente, se nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender: Nós colhemos exatamente aquilo que semeamos!
Uma menina escreveu um bilhetinho para DEUS, dizendo: "Senhor, por que não salvaste aquela criança na escola?"
A resposta Dele seria: "Querida criança, não me deixam entrar nas escolas!"  Do Seu DEUS.
É triste como as pessoas simplesmente culpam DEUS e não entendem por que o mundo está indo a passos largos para o inferno. É triste como cremos em tudo que os jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a Bíblia nos diz.
É triste como todo o mundo quer ir para o céu, desde que não precise crer, nem pensar ou dizer qualquer coisa que a Bíblia ensina.

É triste como alguém diz: "Eu creio em DEUS", mas ainda assim segue a Satanás, que por sinal, também "crê" em DEUS.

RIR É UM BOM REMÉDIO

Em uma cidadezinha do interior havia uma figueira carregada dentro do cemitério.
Dois amigos decidiram entrar lá à noite (quando não havia vigilância) e pegar todos os figos.

Eles pretendiam fazer doce de figo e vender, ganhando boa grana.

Pularam o muro, subiram na árvore com sacolas penduradas no ombro e começaram a dividir o prêmio'.

- Um pra mim, um pra você.

- Um pra mim, um pra você.

- Pô, você deixou dois grandes caírem do lado de lá do muro!

- Não faz mal, depois que a gente terminar aqui pegamos eles.

- Então tá bom, mais um pra mim, um pra você.

Um bêbado, passando do lado de fora do cemitério, escutou esse negócio de 'um pra mim e um pra você' e saiu correndo para a delegacia.

Chegando lá, virou para o policial:

- Seu guarda, vem comigo! Deus e o diabo estão no cemitério dividindo as almas dos mortos!

- Ah, cala a boca bêbado.

- Juro que é verdade, vem comigo.

Tanto insistiu, que os dois foram até o cemitério; chegaram perto do muro e começaram a escutar...

- Um para mim, um para você.

O guarda assustado:

- É verdade! É o dia do apocalipse! Eles estão dividindo as almas dos mortos! O que será que vem depois?

- Um para mim, um para você. Pronto, acabamos aqui. E agora?

- Agora a gente vai lá fora e pega os dois que estão do outro lado do muro...

- COOOOOORREE BEBO....!!! SAI DA FRENTE SEU GUARDA...... COOOORRE SEU GUARDA.....!!!

- O bêbado e o guarda tão correndo até hoje...
 
ISTO  PODE ACONTECER COM QUEM NÃO ESCUTA A HISTÓRIA DESDE O COMEÇO.


quinta-feira, 8 de abril de 2010

AS BEM-AVENTURANÇAS


Bem-aventurados os humildes de espírito,
porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram,
porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos,
porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos,
porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os limpos de coração,
porque verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores,
porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça,
porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sois quando, por minha causa,
vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo,
disserem todo mal contra vós.
Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão
nos céus; pois assim perseguiram aos profetas
que viveram antes de vós.
Mateus 5.3-12

OS TRÊS ÚLTIMOS DESEJOS DE "ALEXANDRE O GRANDE"

Quando à beira da morte, Alexandre convocou os seus generais e relatou seus três últimos desejos:


1 -) Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;


2 -) Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...); e


3 -)Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.


Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:
1 -) Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;


2 -) Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;


3 -) Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.
“Porque nada temos trazido para o mundo,
 nem coisa alguma podemos levar dele” I Timóteo 6.7

terça-feira, 6 de abril de 2010

VALORIZE O QUE VOCÊ TEM

O dono de um pequeno comércio,
amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio,
que o Senhor tão bem conhece.
Será que o senhor poderia redigir o anúncio para o jornal?


Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:
"Vende-se encantadora propriedade,
onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo,
cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeirão.
A casa banhada pelo sol nascente, oferece a sombra tranqüila
 das tardes, na varanda". Meses depois, topa o poeta com o homem
e pergunta-lhe se havia vendido o sítio.


- Nem pense mais nisso, disse o homem.
Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha! Às vezes, não descobrimos as coisas boas que temos conosco
e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros. Valorize o que você tem, as pessoas que estão perto de você.
Esse é o seu verdadeiro tesouro.
 

domingo, 4 de abril de 2010

O BOM SAMARITANO

"Certo homem descia de Jerusalém para Jericó
 e veio a cair em mãos de salteadores,
os quais, depois de tudo lhe roubarem
e lhe causarem muitos ferimentos,
retiraram-se, deixando-o semimorto.
Casualmente, descia um sacerdote
por aquele mesmo caminho e, vendo-o,
também passou de largo.
Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar
e, vendo-o, também passou de largo.
Certo samaritano, que seguia o seu caminho,
passou-lhe perto e, vendo-o,
compadeceu-se dele.
E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos,
aplicando-lhes óleo e vinho;
e, colocando-o sobre o seu próprio animal,
levou-o para uma hospedaria e tratou dele.
No dia seguinte, tirou dois denários
e os entregou ao hospedeiro, dizendo:
Cuida deste homem,
e, se alguma coisa gastares a mais,
eu to indenizarei quando voltar.
Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem
que caiu nas mãos dos salteadores?"
Lucas 10.30-36

sábado, 3 de abril de 2010

CULPADO OU INOCENTE

Conta uma antiga lenda que na Idade Média um homem muito religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher.
Na verdade, o autor do crime era pessoa inflluente do reino e, por isso, desde o primeiro momento se procurou um "bode expiatório" para acobertar o verdadeiro assassino.
O homem foi levado a julgamento, já temendo o resultado: a forca. Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo desta história.
O juiz, que também foi comprado para levar o pobre homem à morte, simulou um julgamento justo, fazendo uma proposta ao acusado para que este provasse sua inocência.
- Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos de Deus: vou escrever num pedaço de papel a palavra INOCENTE e no outro pedaço a palavra CULPADO . Você sorteará um dos papéis e aquele que sair será o veredicto. O Senhor Deus decidirá seu destino - determinou o juíz.
Sem que o acusado percebesse, o juíz preparou os dois papéis, mas em ambos escreveu CULPADO de maneira que, naquele instante, não existia nenhuma chance de o acusado se livrar da forca. Não havia alternativas para o pobre homem. O juíz colocou os dois papéis em uma mesa e mandou o acusado escolher um. O homem pensou alguns segundos e, pressentindo a "vibração", aproximou-se confiante da mesa, pegou um dos papéis e rapidamente colocou na boca e engoliu. Os presentes ao julgamento reagiram surpresos e indignados com a atitude do homem.
-Mas o que você fez? E agora? Como vamos saber o seu veredicto?
-É muito fácil - respondeu o homem - basta olhar o outro pedaço que sobrou e saberemos que acabei engolindo o contrário. Imediatamente o homem foi liberado.
MORAL DA HISTÓRIA:
Por mais difícil que seja uma situação, não deixe de acreditar até o último momento. Saiba que, para qualquer problema, há sempre uma saída. Não desista, não entregue os pontos, não se deixe derrotar. Vá em frente apesar de tudo e de todos, creia que pode conseguir.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

O VASO COM RACHADURAS

Um homem transportava água todos os dias, usando dois grandes vasos, que prendia nas extremidades de um pedaço de madeira atravessado nas costas. Um dos vasos era mais velho que o outro e tinha pequenas rachaduras; cada vez que o homem percorria até sua casa, metade da água se perdia.

   Durante dois anos, o homem fez o mesmo percurso. O vaso mais jovem estava sempre muito orgulhoso de seu desempenho e tinha certeza de que estava à altura da missão para o qual havia sido criado, enquanto o outro morria de vergonha por cumprir só a metade, mesmo sabendo que aquelas rachaduras eram fruto de muito tempo de trabalho.

   Estava tão envergonhado que um dia, enquanto o homem se preparava para pegar água  no poço, decidiu conversar com ele:

   Quero pedir desculpas, já que, devido ao meu tempo de uso, você só consegue entregar metade da minha carga e saciar a metade da sede que o espera em sua casa...

   Quando voltarmos, por favor, olhe cuidadosamente o caminho.
   Assim foi feito. E o vaso notou que, do seu lado, cresciam muitas flores e plantas.

   -Vê como a natureza é mais bela do seu lado? Sempre soube que você tinha rachaduras e resolvi aproveitar-me desse fato. Semeei hortaliças e legumes, e você as tem regado sempre. Já recolhi rosas para decorar minha casa. Alimentei meus filhos com alface, couve e cebolas. Se você não fosse como é, como poderia ter feito isso?

   "Todos nós, em algum momento, envelhecemos e passamos ter outras qualidades. É sempre possível aproveitar cada uma dessas novas qualidades".

   Nem tudo aquilo que chamamos de defeito é destrutivo; precisamos aperfeiçoar a visão que temos de nós mesmos. Introjetar-se em nosso interior e exibir as virtudes que glorificam ao nosso Deus.